Instalar o Grafana no Ubuntu 16.04 LTS

Você está aqui:
Tempo estimado de leitura: 3 min

Introdução

O Grafana é um software de código aberto que transforma vários feeds de sistemas como o Graphite, o Telegraf e o InfluxDB em belas métricas em um painel centralizado.

Este tutorial cobrirá o processo de instalação da interface da web do Grafana.

Pré-requisitos

  • Uma instância do servidor Ubuntu 16.04 LTS x64.
  • Um usuário sudo (ou conta root) .
  • Opcional: um nome DNS (para uso com certificados Vamos Criptografar)

Atualize o sistema

Atualize seu sistema antes de instalar o Grafana.

apt-get update && apt-get upgrade 

Preparando o firewall

Primeiro vamos endurecer a imagem um pouco. Vamos também verificar se a imagem que foi provisionada está ufwativada.

[email protected]:~# ufw status
Status: inactive

Por padrão, ele está desativado, por isso, precisamos adicionar algumas regras:

  • Regra 1: ssh: porta TCP 22
  • Regra 2: http: porta TCP 3000 (porta Grafana padrão)

Execute os seguintes comandos, um por um.

ufw allow 22/tcp
ufw allow 3000/tcp

Ativar os serviços de firewall.

ufw enable

O firewall solicitará uma caixa de diálogo para aceitar as alterações. Apenas pressione Y.

Command may disrupt existing ssh connections. Proceed with operation (y|n)?

Instalando o Grafana

Por padrão, o Grafana não está nos repositórios. Adicione a chave e os pacotes do repo.

curl https://packagecloud.io/gpg.key | sudo apt-key add -

Em seguida, adicione o repositório “packagecloud” aos seus repositórios.

add-apt-repository "deb https://packagecloud.io/grafana/stable/debian/ stretch main"

Atualize aptpara buscar as informações mais recentes do nosso repo “packagecloud” recém-adicionado.

apt-get update

Agora podemos instalar o Grafana.

apt-get install grafana

Assim que o Grafana for instalado, inicie-o com systemctl.

systemctl start grafana-server

Isso mostrará um serviço Grafana em funcionamento.

systemctl status grafana-server

Inicie o serviço Grafana na inicialização.

systemctl enable grafana-server

Desabilitando registros Grafana e acesso anônimo

Fora da caixa, o Grafana permite que os visitantes criem contas de usuário e visualizem os painéis sem se registrarem. Isso significa que estamos expondo o Grafana à Internet pública. Mas não se preocupe, vamos encontrar e desabilitar essas configurações.

Primeiro abra o arquivo de configuração do Grafana.

nano /etc/grafana/grafana.ini

Localize as allow_sign_upconfigurações sob o [users]cabeçalho.

[users]
# disable user signup / registration
;allow_sign_up = true

Por padrão, é definido como true, portanto, altere-o para falsee descomente a linha.

[users]
# disable user signup / registration
allow_sign_up = false

Em seguida, verifique se o acesso anônimo está desativado. Isso pode ser encontrado nas [auth.anonymous]configurações.

[auth.anonymous]
# enable anonymous access
;enabled = false

Altere falsee descomente a linha.

[auth.anonymous]
enabled = false

Saia nanoe salve o arquivo.

Para ativar as mudanças, reinicie o Grafana.

systemctl restart grafana-server

Agora, verifique se tudo está funcionando, verificando o status do serviço do Grafana.

systemctl status grafana-server

O daemon Grafana ouve a porta 3000. Para visitar o Grafana Dashboard, aponte seu navegador para http://192.168.0.1:3000(substitua esse IP pelo seu IP de servidor real) e use as credenciais de login padrão abaixo.

Username: admin
Password: admin

Ativando um certificado HTTPS para o Grafana (opcional)

Este é um passo opcional. Se tivermos um nome DNS configurado, podemos usar Vamos criptografar para habilitar HTTPSnossa nova instalação do Grafana.

Instalação e configuração do Nginx

Para conseguir isso, estaremos usando o Nginx, já que este software é capaz de usar certificados Vamos Criptografar.

Comece instalando o Nginx.

apt-get install nginx

Uma vez instalado, edite a configuração padrão.

nano /etc/nginx/sites-available/default

Substitua a configuração padrão pela seguinte configuração.

server {      
  listen 0.0.0.0:80;

  proxy_request_buffering off;
  proxy_buffering off;

  location / {
     proxy_pass http://127.0.0.1:3000;
     proxy_redirect     off;
     proxy_set_header   Host $host;
     proxy_set_header   X-Real-IP $remote_addr;
     proxy_set_header   X-Forwarded-For $proxy_add_x_forwarded_for;
     proxy_set_header   X-Forwarded-Host $server_name;
  }
}

Isso criará um proxy para o site que está sendo executado na porta 80. Reinicie o Nginx e ative-o na inicialização.

systemctl restart nginx
systemctl enable nginx

Certifique-se de que tudo esteja funcionando.

systemctl status nginx

Desative a porta antiga do Grafana 3000e permita o tráfego na porta 80.

ufw allow 80/tcp
ufw delete allow 3000/tcp

Instalando Vamos Criptografar

Antes de podermos usar o certbot, precisamos adicionar o PPA correto ao sistema que contém nossos pacotes do certbot.

add-apt-repository ppa:certbot/certbot

Pressione ENTERpara aceitar a alteração da configuração.

Atualize aptpara reunir os novos pacotes.

apt-get update

Em seguida, instale o módulo Nginx para atribuir os certificados.

apt-get -y install python-certbot-nginx

Configurando Certificados

Configure o firewall para permitir a HTTPSpassagem pelo firewall.

ufw allow 443/tcp

Antes de podermos solicitar novos certificados, precisamos de um nome DNS.

nano /etc/nginx/sites-available/default

Adicione a seguinte server_nameconfiguração. Este é o nosso nome DNS.

server_name grafana.example.com;

Altere a configuração para refletir essa nova configuração.

server {
  server_name grafana.example.com;

  listen 0.0.0.0:80;

  proxy_request_buffering off;
  proxy_buffering off;

  location / {
     proxy_pass http://127.0.0.1:3000;
     proxy_redirect     off;
     proxy_set_header   Host $host;
     proxy_set_header   X-Real-IP $remote_addr;
     proxy_set_header   X-Forwarded-For $proxy_add_x_forwarded_for;
     proxy_set_header   X-Forwarded-Host $server_name;
  }
}

Certifique-se de que não cometemos erros e reinicie o Nginx.

nginx -t
systemctl restart nginx

Agora solicite um certificado com o certbot.

certbot --nginx -d grafana.example.com

Forneça seu email e concorde com as perguntas feitas pelo instalador. Você pode dizer com segurança “Não” para compartilhar seu e-mail. Certbot perguntará automaticamente o que fazer com HTTPS. Nós estaremos usando a opção 2: redirecionar para HTTPS.

Please choose whether or not to redirect HTTP traffic to HTTPS, removing HTTP access.
-------------------------------------------------------------------------------
1: No redirect - Make no further changes to the webserver configuration.
2: Redirect - Make all requests redirect to secure HTTPS access. Choose this for
new sites, or if you're confident your site works on HTTPS. You can undo this
change by editing your web server's configuration.
-------------------------------------------------------------------------------
Select the appropriate number [1-2] then [enter] (press 'c' to cancel): 2

Auto renovação de certificados

Vamos criptografar certificados requerem renovação. Felizmente podemos criar um cron job para isso. Comece editando o crontab.

crontab -e

Adicione a seguinte linha.

05 2 * * * /usr/bin/certbot renew --quiet

Isso verificará às 02:05 se algum certificado exigir uma renovação e irá renová-lo.

Grafana estará funcionando HTTPSagora. Uma última coisa é mudar a senha do administrador. Visite sua instalação em https://grafana.example.net. Por padrão, as credenciais para fazer login são ‘admin / admin’.

Para alterar o nome de usuário do administrador, clique no ícone de engrenagem à esquerda, vá para “Configuração”, depois em “Administrador do servidor” e clique no nome de usuário do administrador.

Esse artigo foi útil?
Não Gostei 0
Visualizações: 828

Ainda não Têm uma Conta?

Então Cadastre-se

Nome de Usuário*
E-mail*
Senha*
Confirmar Senha*

Já têm Uma Conta? Click Aqui.

Já tem uma Conta?

Ainda não tem Conta?